Carregando

DOR NA MAMA

DOR MAMÁRIA

Você que é mulher, já teve dor na mama? Conhece alguém que já teve? Então preste atenção nesse texto ou nesse vídeo porque é disso que eu vou falar: Dor na mama.

A dor mamária acomete cerca de 90% das mulheres ao longo da vida e apesar dos sintomas de dor serem geralmente leves, a angústia causada é muito grande porque a maioria das mulheres acredita que dor na mama é um dos sintomas de câncer de mama.

Essa dúvida frequente merece um esclarecimento que é uma das mensagens mais importantes sobre esse tema:

Na maioria quase absoluta das vezes dor na mama não tem  relação com o câncer de mama!

Porém é importante ficar claro que algumas mulheres com dor mamária também podem ter câncer de mama, mas isto é apenas uma coincidência e uma exceção à regra, porque normalmente dor na mama não ocorre junto com câncer da mama.

Entendido isso,  na presença de dor na mama é muito importante reparar em alguns pontos  a se destacar:

Existe alguma relação da a dor com algum período do ciclo menstrual?

A principal causa da dor mamária não é totalmente conhecida, mas aparentemente está relacionada com os hormônios normalmente produzidos durante o ciclo menstrual normal. Esta conclusão deve-se ao fato que a maioria dos casos de dor mamária apresenta melhora após a menopausa ou durante o uso de medicações que bloqueiam o ciclo menstrual.

O quadro clínico normalmente é de dor no período menstrual, ou pouco antes desse. Geralmente a dor é leve e não atrapalha as atividades cotidianas. Mas, algumas mulheres podem ter dor constante ou até incapacitante.

Qual o local da dor?

Algumas vezes dores causadas por alterações nos ossos da costela, nervos ou músculos do tórax próximos à mama podem confundir com dores na mama. Mais raro ainda são dores atípicas causadas por problemas pulmonares ou cardíacos.

Nesse sentido é muito importante notar se as dores tem relação com a movimentação dos braços ou dos ombros e se tem relação com a respiração ou com exercício físico.

Uso de algum remédio?

As relações mais frequentes são com o uso de medicações que contenham hormônios femininos, tais como anticoncepcionais e terapia de reposição hormonal. Porém, alguns antibióticos, diuréticos e antidepressivos também podem estar relacionados com o problema.

Notou se a mama que está doendo está mais quente e vermelha?

Mastite, que é uma infecção da mama, é uma das causas mais importantes de dor na mama. É mais comum em mulheres amamentando mas pode acontecer em mulheres fora dessa situação, principalmente se for fumante. O que deverá ser notado é um processo inflamatório em que a mama pode ficar quente, vermelha , dolorosa e eventualmente a presença de febre. Notando isso, é hora de procurar o médico Ginecologista ou Mastologista o quanto antes.

Existem várias causas para dor na mama. Na presença de dor na mama o mais importante é saber que não tem relação com Câncer de Mama,  prestar atenção nos sintomas expostos no texto e procurar um médico que pode ser um Ginecologista ou um Mastologista.

Esse é o objetivo do canal Doutor Ajuda: te informar. Você estando bem informado ajuda seu médico a chegar no melhor diagnóstico e tratamento.

Você sabia?

Segundo dados de pesquisas nacionais e internacionais, cerca de 90% das pacientes melhora após a avaliação inicial e orientação sobre o padrão benigno do quadro, sem nenhuma necessidade de medicação.

detalhes
Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites