Carregando

O QUE CAUSA ACNE?

Você conhece alguém tem cravos e espinhas no rosto? O nome disso é acne e é sobre isso que vou  falar.

Acne é uma das doenças de pele mais comuns que existem. Pode afetar pessoas de qualquer idade mas é muito mais comum na adolescência.

O que é espinha? O que é acne?

Na pele humana existem glândulas sebáceas que produzem um tipo de óleo (o sebo) que deixa os pelos e a pele lubrificada por sua oleosidade natural.

Nas pessoas com acne, as glândulas sebáceas apresentam 2 problemas: produzem oleosidade demais e estão obstruídas pelos “comedões”, também conhecidos como cravos. E é por esse motivo que lugares da pele que tem mais oleosidade como rosto, pescoço e ombros tem mais espinhas que outras regiões do corpo.

Quando alguém costuma ter cravos ou espinhas a primeira informação que se deve saber é qual a gravidade desse quadro. Existe uma classificação de gravidade da acne de acordo com o tipo de acne:

  •  Casos Leves – o que se deve notar nesses casos é um predomínio de cravos, que são aqueles pontinhos pretos, e espinhas comuns, aquelas vermelhas com a pontinha amarela.
  •  Casos Graves – nesses casos a espinha é diferente, ela formada por cistos ou nodulações contendo pus. Quanto maiores e mais inflamadas as espinhas, maior a chance de a pele ficar com cicatrizes no futuro.

Um segundo aspecto que é importante destacar são os fatores associados ao acne:

  • Presença de alguma alteração hormonal.

Alguns hormônios do corpo humano estimulam as glândulas sebáceas a produzir mais sebo e isso facilita surgimento de acne. Existem alguns exemplos de situações em que esses hormônios estão aumentados. O mais comum é a puberdade e é exatamente por isso que o adolescente tem mais espinhas.

Nas mulheres, além da puberdade, existem situações em que podem ocorrer alterações hormonais e nesses casos além das espinhas, outros sintomas devem ser reparados:

  • Ciclo menstrual muito irregular;
  • Infertilidade;
  • Ganho de peso principalmente na barriga;
  • Presença de pelos no rosto.

A principal doença com essas características é a Síndrome do Ovário Policístico, mas outras doenças hormonais podem ter os mesmos sintomas.

Além dessas doenças outras duas situações de desequilíbrio hormonal são comuns nas mulheres e podem estar associadas a acne:

  • Gravidez;
  • Uso de alguns tipos  de método anticoncepcional.

2) Medicações em uso.

Há muitas medicações que podem piorar a acne como os corticoides de uso oral, o lítio e os hormônios masculinos.

  • As espinhas pioram de acordo com determinados alimentos?

Alguns alimentos como os derivados do leite ou alimentos que liberam muita glicose no sangue como doces, massas e pães podem piorar a acne.

O estresse também pode piorar a acne.

É fundamental o médico saber dessas informações para planejar o melhor tratamento possível.

A acne geralmente causa mais do que dor ou desconforto da peloe, ela também pode prejudicar a autoestima e o relacionamento interpessoal,  gerando forte impacto emocional.

Conhecendo alguém que sofra com cravos e espinhas, é importante prestar a atenção no que foi dito no texto e procurar um Dermatologista, se possível, logo aos primeiros sinais da acne, pois o tratamento precoce, além de controlar os sintomas mais rapidamente, também evitará as cicatrizes, que são mais complicadas de se tratar.

Esse é o Canal Doutor Ajuda e seu objetivo é te transformar em um paciente mais bem informado para uma consulta médica.

VOCÊ SABIA?

Espremer espinhas faz mal mesmo?

Sim! Pois ao escoriarmos a espinha aumentamos a inflamação nas camadas mais profundas da pele, aumentamos o risco de uma infecção bacteriana no local e podemos causar uma cicatriz.

detalhes
Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites