Carregando

QUAIS OS SINTOMAS E CAUSAS DO AVC (DERRAME CEREBRAL)?

Você já teve ou conhece alguém que teve um acidente vascular cerebral (AVC), ou popularmente conhecido por Derrame Cerebral?

Então preste a atenção nesse texto ou nesse vídeo  porque é disso que vou falar: AVC.

Nem todos sabem mas o “derrame” ou acidente vascular cerebral (AVC) é uma das doenças mais importantes da atualidade. É a segunda principal causa de óbito no mundo perdendo apenas para problemas no coração, que é a principal causa de morte . Para ficar claro, as pessoas no mundo morrem mais de Derrame do que de qualquer tipo de câncer, acidente de transito ou doença infecciosa.

Só para se ter uma ideia de como isso é importante, a cada 5 segundos morre uma pessoa no mundo devido a AVC.  Além disso, se a pessoa sobrevive ao AVC, em 50% das vezes ela vai ter alguma sequela funcional como não mexer o braço, não falar. Não é a toa que AVC é a principal  causa de incapacidade funcional  no mundo.

O que é um Derrame ou um Acidente Vascular Cerebral?

Cada parte do cérebro humano tem uma função, isto é, tem uma parte que controla o movimento do braço D, outra parte que controla o da braço E, outro da fala, e assim o cérebro controla quase todas as funções do corpo humano.

Para essas partes funcionarem, elas precisam de nutrientes e oxigênio que chegam pelo sangue presente nos vasos sanguíneos.

AVC ou Derrame é nome que se dá a algum problema dos vasos sanguíneos que impedem que o sangue chegue a todas as regiões do cérebro. Sem sangue, sem os nutrientes e sem o oxigênio necessários as partes afetadas deixam de funcionar e aí surgem os sintomas relacionados à área afetada .

Assim se não chegar sangue para a área do cérebro que controla o braço D, a pessoa deixará de movimentar o braço D. Se não chegar sangue para a área que controla a fala, a pessoa deixa de falar e assim por diante.

Quais são as causas do Derrame ou AVC?

O AVC pode ser causado por alguma obstrução/ entupimento  de um vaso sanguíneo o que é conhecido de AVC isquêmico ou quando esse vaso sanguíneo estoura causando vazamento de sangue para o cérebro que é o que na medicina é chamado de AVC hemorrágico.

Tem dois aspectos muito importantes que se deve saber sobre AVC: saber reconhecer o problema e saber os fatores que aumentam o seu risco de ter essa doença. 

Sintomas

Como já foi dito antes, os sintomas dependem da área do cérebro afetada,  mas de uma maneira geral os sintomas mais comuns são:

  • Fraqueza de um dos lados do corpo. Se pedir para a pessoa levantar os dois braços e ela não conseguir levantar um dos braços ou se levantar mas não conseguir sustentar, isso é um sinal de Alerta.
  • A paralisia facial de um dos lados do rosto. É fácil avaliar isso pedindo para a pessoa sorrir. O normal é o sorriso ocorrer dos dois lados. Se de um lado ficar paralisado, isso é um outro sinal de Alerta.
  • A dificuldade para fala: ou a fala fica empastada ou fica sem sentido. Mais um sinal de alerta.

Outros sinais são a dificuldade de equilíbrio, de caminhar, dor de cabeça muito forte e diferente da forma habitual, prejuízo na sensibilidade em um dos lados do corpo, tontura e nos casos mais graves até perda de consciência.

Uma outra característica que é importante saber é que no AVC todos esses sintomas são súbitos, ou seja, ocorrem de repente.

Se notar qualquer um desses sintomas, deve chamar uma Ambulância ou procurar um Pronto Socorro imediatamente. Isso é uma Emergência. O tempo entre o início do quadro e o tratamento é fundamental. Por isso, não perca tempo.

Fatores de Risco

Os fatores de risco mais importantes relacionados ao AVC são:

  • Hipertensão Arterial popularmente conhecida como Pressão Alta;
  • Diabetes;
  • Tabagismo;
  • Problemas com o colesterol e triglicérides;
  • Arritmias do coração;
  • Sedentarismo.
  • É possível prevenir o AVC. Por isso, caso tenha algum desses fatores de risco é importante procurar uma avaliação médica de preferência com um Neurologista.

Esse é o objetivo do canal Doutor Ajuda, te informar! Estando bem informado ajuda seu médico a chegar no melhor diagnóstico e tratamento.

Você sabia?

O AVC em crianças e jovens é mais comum do que se imagina. O fator mais comum em crianças são doenças genéticas. Já nos jovens, é a dissecção das artérias do pescoço, que é quando há uma lesão na parede do vaso que leva o sangue ao cérebro. Esta lesão pode ocorrer por causa de um trauma, por exemplo, como a batida de um carro.

detalhes
Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites