Infertilidade masculina

Para entender as causas da infertilidade masculina, é preciso saber como funciona o sistema reprodutor masculino.

No sistema nervoso central estão duas glândulas, o hipotálamo e a hipófise, que são responsáveis pela produção de hormônios, os quais estimulam o testículo a produzir os espermatozoides.

Os espermatozoides produzidos percorrem um canal longo até chegar à vesícula seminal e à próstata, as quais produzem um líquido que facilita a locomoção do espermatozoide, formando o esperma. Quando é chegado o momento, milhões de espermatozoides saem pela uretra na ejaculação. Qualquer problema nesse processo pode causar infertilidade. Para facilitar o entendimento, três grupos de causas de infertilidade masculina serão abordados.

Obstrução

A primeira causa é um problema de obstrução, denominada Azoospermia Obstrutiva. O testículo produz o espermatozoide normalmente mas, por alguma razão, o esperma produzido não chega até a uretra. Nesse caso, o homem pode ejacular normalmente mas o líquido ejaculado não contém espermatozoides e, portanto, a gravidez não ocorre. Esse é o caso de quem faz a cirurgia de vasectomia, que nada mais é do que uma cirurgia de interrupção do canal por onde o espermatozoide precisa caminhar até chegar à uretra.

Existem outros problemas que podem causar obstrução, tais como:

  • Infecções nos testículos e próstata;
  • Cirurgia de retirada da próstata;
  • Problemas genéticos, em que o homem nasce sem o ducto que leva o espermatozóide à uretra;
  • Traumas locais.



Problemas na produção

O segundo problema é um problema na produção do espermatozoide, denominado Azoospermia não Obstrutiva ou Oligozoospermia. Nesse caso, os espermatozoides ou não são produzidos, ou quando são poucos e em má qualidade. Portanto, em uma ejaculação em que deveriam ter milhões de espermatozoides bem formados e que conseguem se movimentar rapidamente, existem poucos espermatozoides, nem todos bem formados, e muitos que nem se mexem. Se isso estiver acontecendo, a chance de se ter um espermatozoide bom o bastante para chegar até o óvulo e fertilizá-lo diminui muito. O resultado é uma menor chance de engravidar.

Existem várias causas de infertilidade relacionados a produção de espermatozoides, e algumas serão destacadas:

  • Varicocele: A varicocele são veias defeituosas, chamadas de varizes, localizadas junto ao testículo, e que podem prejudicar o funcionamento do testículo. Isso pode ser observado por vasos visíveis no saco ou escroto, ou por um testículo ser muito maior que o outro. Se um homem tiver esse problema é importante reparar se o testículo que tem varicocele está diminuindo de tamanho ou ficando mais amolecido, e mencionar isso ao médico. A varicocele tem tratamento e, na maioria das vezes, a qualidade do espermatozoide melhora muito;
  • Problema nos testículos: Diversos problemas no testículo podem prejudicar o seu funcionamento. Por isso é importante informar ao médico se já teve caxumba, alguma outra infecção no testículo, se nasceu com os testículos fora da bolsa escrotal, chamado de criptorquidia, se já teve algum trauma ou torção de testículo, ou se o testículo fica subindo para a região da virilha, necessitando colocá-lo novamente para baixo, o que é chamado de testículo retrátil;
  • Problema hormonais: Problemas da hipófise e da tireoide podem diminuir o estímulo ao testículo para produzir espermatozoides, mas podem prejudicar também a outra função do testículo, que é a produção do hormônio masculino, a testosterona;
  • Uso de substâncias anabolizantes: Essas substâncias podem causar problemas hormonais e acarretarem sérios danos aos testículos, que muitas vezes se tornam atróficos e sem função.
  • Problema genético: É importante saber se tem alguém na família que também teve problema para engravidar.

É importante saber que o homem que tem problema na produção dos espermatozoides também pode apresentar problema na sua outra função, que é a produção do hormônio masculino, chamado de testosterona. Normalmente isso é detectado nos exames de sangue, mas existem algumas características que podem sugerir isso. Na fase do desenvolvimento masculino poderá ser observado a falta de caracteres masculinos, a ausência de pelos pelo corpo, ausência de barba, ou mamilos aumentados. Na fase adulta, observa-se o surgimento de dores musculares, cansaço, e falta de libido. 

Problemas na ejaculção

A terceira causa de infertilidade é um problema muito menos comum, que são problemas de ejaculação. Nesse caso, o espermatozoide é produzido adequadamente, não tem problemas de obstrução, ou seja, os espermatozoides conseguem chegar à uretra, mas chegando à uretra, eles não são ejaculados, permanecendo onde está ou indo para a bexiga. Problemas neurológicos, diabetes, medicações ou cirurgias na próstata e bexiga são as principais causas desse problema.

É importante saber que 15% dos casais têm infertilidade, e desses casais 30% tem como causa a infertilidade masculina. Por esse motivo, um homem nessa situação deve prestar atenção nos sintomas e na sua história, e procurar um Urologista.

Assista no vídeo a seguir a explicação de nosso especialista!

Inscreva-se em nosso canal. 

Postamos vídeos novos todas as quartas às 11h!

Fique conectado

Acesse nosso facebook.

Fale conosco por e-mail:

Receba as novidades do Dr. Ajuda direto no seu e-mail!



Copyright – All rights reserved – Estes vídeos não dispensam uma consulta médica.

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites