Como identificar uma compulsão

Compulsões são comportamentos aprendidos que são seguidos por uma sensação de gratificação emocional, e que por isso tendem a se repetir por várias e várias vezes até que começam a trazer prejuízos para a vida daquela pessoa. Esses hábitos são executados inúmeras vezes e de forma quase automática, apresentando-se assim de forma frequente e excessiva.
A gratificação que se segue logo após esse comportamento, tende a fazer com que a pessoa repita o comportamento. No entanto, depois desse alívio imediato segue-se uma sensação negativa por não ter conseguido controlar o impulso.

Os principais sintomas de compulsão são:

  • Não conseguir controlar a vontade ou impulso de realizar algum comportamento, mesmo sabendo isso que poderá lhe trazer prejuízos no futuro;
  • Sentir um alívio imediato logo após realizar esse comportamento ao qual estava tentando resistir;
  • Sentir-se culpado ou envergonhado por não conseguir resistir ao impulso;
  • Mentir a respeito do comportamento. Neste caso, a pessoa tenta minimizar os comportamentos, falando que eles não ocorreram ou mentindo sobre a intensidade deles. Por exemplo, uma pessoa esconde objetos logo após ter feito uma compra compulsiva;
  • Sentir-se irritado ou não conseguir parar de pensar no comportamento quando não conseguem realizá-lo.

Tipos de comportamentos compulsivos

Comer compulsivo: Trata-se de um padrão recorrente, que ocorre pelo menos duas vezes por semana, e que está associado à perda de controle. A pessoa começa a comer cada vez mais, e não consegue interromper a refeição, mesmo já estando satisfeito.

Compras compulsivas: É uma perda de controle em relação ao ato de comprar, com aumento progressivo do volume das compras, e tentativas frustradas de reduzir ou controlar o impulso. Muitas vezes esse comportamento traz prejuízos pessoais, sociais e familiares, e econômicos. Às vezes são comprados objetos desnecessários e que a pessoa pode até mesmo esconder por vergonha.

Atividade física: Sempre é recomendado a prática de exercícios diários e isso é muito saudável. No entanto, existem pessoas que praticam a atividade física de modo compulsivo, aumentando cada vez mais o tempo dedicado aos exercícios e a intensidade dos mesmos. Muitas vezes continuam praticando atividade física mesmo tendo sofrido lesões, trazendo mais prejuízos ao corpo do que benefícios. Além disso, quando não praticam sentem sintomas de abstinência, como agitação ou fadiga e irritabilidade.

Jogo patológico: Trata-se de um desejo de jogar continuamente, apesar das consequências negativas desse hábito ou do desejo de parar. Muitas vezes leva a prejuízos financeiros e familiares importantes e mesmo assim a pessoa não consegue interromper esse comportamento.

Compulsão sexual: também conhecido como impulso sexual excessivo, é caracterizado por um aumento do desejo sexual, fazendo com que a pessoa busque relações de forma repetitiva e frequente, mesmo tendo tido prejuízos por causa disso. Estima-se que cerca de 2 a 6% da população mundial sofra deste distúrbio, sendo em sua maioria homens.

Esses são alguns exemplos de comportamentos compulsivos. É importante notar que mesmo comportamentos saudáveis como, por exemplo, a pratica de exercícios físicos, podem trazer problemas para a vida da pessoa se é feito de forma compulsiva. Por isso, se alguém apresenta algum tipo desses comportamentos é preciso procurar a ajuda com um psiquiatra.

Assista no vídeo a seguir a explicação de nosso especialista!

Inscreva-se em nosso canal. 

Postamos vídeos novos todas as quartas às 11h!

Fique conectado

Acesse nosso facebook.

Fale conosco por e-mail:

Receba as novidades do Dr. Ajuda direto no seu e-mail!



Copyright – All rights reserved – Estes vídeos não dispensam uma consulta médica.

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites